Jereissati pede desculpas por bate-boca com Renan

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) pediu nesta terça-feira (11) desculpas pelo bate-boca protagonizado por ele e pelo líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), ocorrido na última quinta-feira (6). Jereissati se disse insatisfeito consigo mesmo e lamentou profundamente o ocorrido.

"Realmente, foi um acontecimento deplorável. Queria, publicamente aqui dizer da minha insatisfação comigo mesmo, de lamentar profundamente e de pedir desculpas aos meus pares, senadores, e população brasileira por ter me comportado de maneira que não pode ser considerada elegante, educada e que não seria, portanto adequada a um senador e adequada, mesmo naquele momento, ao Senado e história e s tradições desta Casa", disse o tucano na tribuna da Casa.

Na ocasião, Jereissati e Calheiros trocaram insultos e palavrões após a leitura da representação que o PMDB apresentou ao Conselho de Ética contra o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AL). Durante o bate-boca, o tucano chegou a chamar Renan Calheiros de cangaceiro de terceira categoria e foi xingado.


2 comentários:

Gabriel Ribeiro disse...

Ah uma surra de pau mole nesses fidaputa pra ficarem bem ligados.

SERJAO_O_MARMANJJUS disse...

bando de ladrões. vão tudo pra pqp.
pior que ninguém faz nadaeles fazem o que querem e nem a polícia pode prender essas praga.