Vem aí “A História de Ester”: superprodução da Record

[320240sdtv2_2009_12_06_18_07_55_1111112_size25565.jpg]

Depois de “Chamas da Vida” (2008), “A Lei e o Crime” (2009) e “Poder Paralelo”, a Record pegou gosto pelo sucesso. Tanto que resolveu investir pesado na minissérie “A História de Ester”, que entrará no ar no final do mês. De acordo com informações de Iran Siqueira, diretor de teledramaturgia da rede, cada um dos dez capítulos custou R$ 250 mil.

A produção da saga bíblica, adaptada por Vivian de Oliveira, começou a ser feita em agosto do ano passado com a ajuda de um historiador. Isso porque os fatos narrados teriam acontecido por volta de 400 anos antes de Cristo na antiga Pérsia, onde hoje é o Irã. “Foi um trabalho exaustivo de pesquisa para recriar cores, cenários, objetos, maquiagem e figurinos”, contou Bianca Wilbert, da assessoria da Record.

http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2009/11/328_2744-ester2.JPG

A maior parte das tomadas foi feita em estúdio. Um jardim em Petrópolis (RJ), porém, serviu de cenário para o harém do rei e a fortaleza de Santa Cruz em Niterói (RJ) abrigou o mercado da época. Além disso, nas cenas de batalhas gravadas com inúmeros figurantes, eles foram multiplicados por intermédio de computação gráfica, um recurso bastante utilizado em cinema. No filme 300 (EUA, 2006), de Zack Snyder, por exemplo, as legiões de combatentes do rei Xerxes (Rodrigo Santoro) foram criadas desta maneira.

http://gentedefe.com/margaridacn/files/2009/08/esther_1024.jpg

“A História de Ester”, dirigida por João Camargo, gira em torno do encontro do rei persa Assuero (Marcos Pitombo) com uma mulher simples, Ester (Gabriela Durlo), por quem ele se apaixona. O soberano faz da jovem sua rainha, mas ela esconde um importante segredo sobre suas origens. Ester é judia e, na verdade, se chama Hadassa. Ela muda o nome por medo do conselheiro Hamã (Paulo Gorgulho), que odeia os judeus. Ele é o grande vilão e o rei não percebe que, na verdade, seu homem de confiança quer matá-lo. Assuero acredita em Hamã cegamente, no entanto, a perspicaz Ester consegue abrir os olhos do marido e impedir o extermínio do seu povo.

No elenco da minissérie estão também Letícia Colin, Ewerton de Castro, Paulo Nigro, Giuseppe Oristânio, Gabriel Gracindo e Lana Rodes.

2 comentários:

Ana disse...

É uma minisserie muito legal. pena que é tarde

Ana disse...

É uma minisserie muito legal. pena que é tarde